Iberbibliotecas

Vozes da Biblioteca: Um plano estratégico para a Rede de Bibliotecas de Tulcán

projeto

Vozes da Biblioteca: Um plano estratégico para a Rede de Bibliotecas de Tulcán

Entidade

Fundação Legarte

Países ou cidades

Equador

CONTATO

info@fundacionlegarte.org
A proposta consiste em criar e fortalecer um plano estratégico que impulsione a Rede de Bibliotecas de Tulcán (RBT) localizada na província fronteiriça de Carchi com suas paróquias de Tulcán, Julio Andrade, Pioter e Tufiño, sendo uma área de trânsito para pessoas deslocadas. Colômbia. Será feito um diagnóstico do funcionamento da RBT, posteriormente um estudo de cada biblioteca, através de pesquisa de campo e levantamento de informações sobre: serviços, acervo, público e outros.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Bibliorecreo Moviliza Lectura Hacia Escuelas y Colegios

projeto

Bibliorecreo Mobiliza a Leitura para Escolas e Faculdades

Entidade

Ciudad Comercial El Recreo projeto de responsabilidade social BiblioRecreo

Países ou cidades

Quito – Ecuador

CONTATO

administradora@ccelrecreo.com

O projeto pretende ampliar as possibilidades de incluso das pessoas com deficiência em bibliotecas públicas, com a utilização do “Sistema de Check List”, desenvolvido pela FEBAB. Permite avaliar os recursos existentes, identificar áreas deficitárias e delinear projetos de melhoria para que as bibliotecas estejam aptas a buscar recursos e parcerias necessários para espaços totalmente inclusivos. É preciso avaliar as 8 categorias de acessibilidade (arquitetônica, mobiliário e equipamentos, comunicacional, informacional, metodológica, instrumental, programática e atitudinal) contidas no Sistema de maneira mediada por uma equipe para obtenção dos resultados corretos.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Programa de promoção da leitura nacional por meio da narração oral e do teatro nos arredores da biblioteca municipal do parque El Ejido: "Rutas de Leyenda - No parque perdi um romance"

projeto

Programa de promoção da leitura nacional por meio da narração oral e do teatro nos arredores da biblioteca municipal do parque El Ejido: "Rutas de Leyenda - No parque perdi um romance"

Entidade

Fundação Quito Eterno

Países ou cidades

Quito

CONTATO

info@quitoeterno.org
A Fundação Quito Eterno se propõe a apoiar o desenvolvimento do objetivo do "Plano de Fortalecimento da Rede Metropolitana de Bibliotecas e acesso democrático ao livro" alinhando-se com a necessidade de viabilizar o direito do cidadão ao acesso democrático ao livro e à leitura. A pedagogia cênica e ferramenta de investigação: teatro e narração oral, que o Eterno Quito desenvolve, há quase 18 anos, para aproximar a história e o patrimônio do território de diferentes áreas do conhecimento é: "Rutas de Leyenda", onde personagens dramatizados eles ativar ambientes contextuais, situados e especiais que ativam os sentidos.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Fortalecendo Espaços de Mediação de Leitura "Leitura para Todos"

projeto

Fortalecendo Espaços de Mediação de Leitura "Leitura para Todos"

Entidade

Museu Arqueológico e Centro Cultural de Orellana (MACCO-EP)

Países ou cidades

Equador

CONTATO

info@macco.ec
Consiste em atingir leitores incomuns e com maiores dificuldades de acesso aos serviços da biblioteca pública amazônica do MACCO-EP: crianças e jovens. Assim, inclui uma componente de adaptação de um espaço para crianças e adolescentes nas instalações, uma componente de formação de formadores para atender estes utentes e uma componente de ativações semipermanentes de mediação de leitura em espaços não convencionais junto destes novos formadores. A promoção da leitura é uma responsabilidade social e um direito.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Biblioteca en Altoparlante, la Palabra a Viva Voz

projeto

Biblioteca en Altoparlante, la Palabra a Viva Voz

Entidade

GAD Parroquial de Pasa – Proyecto Yo amo leer

Países ou cidades

Equador

CONTATO

gadpasa@gadpasa.gob.ec

São leituras em voz alta e produtos sonoros que serão veiculados em dois horários, pela manhã e à noite. Leituras em Kichwa e espanhol, de livros que possuem as três bibliotecas comunitárias, que funcionavam de forma dinâmica antes da pandemia. Através do alto-falante, a população terá acesso à literatura: contos, poesias; bem como livros informativos. Os produtos sonoros vão recolher as lendas e a história das famílias que foram portadoras de uma cultura original, rica em saberes e saberes ancestrais.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

BiblioAzuay

projeto

BiblioAzuay: implementação de biblioteca móvel e promoção da leitura para a Província de Azuay

Entidade

Casa da Cultura Equatoriana “Benjamín Carrión” Núcleo do Azuay

Países ou cidades

Equador

O projeto BiblioAzuay consiste na implementação de uma biblioteca móvel e programa de alavancagem da leitura para a Província de Azuay (Equador). O projeto pretende chegar às freguesias mais vulneráveis economicamente, lugares onde o acesso às bibliotecas públicas é nulo. Por isso, queremos transportar material bibliográfico e motivadores de leitura que possam trabalhar na promoção da leitura para suas populações, principalmente infantis e juvenis, através de metodologias dinâmicas que permitam a interação comunitária.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Letras de Fronteira

projeto

Letras de Fronteira

Entidade

Alcaldía de Cumbal

Países ou cidades

CONTATO

Colômbia Equador

cumbalcultura@gmail.com letrasdefrontera@gmail.com

Este projecto foi criado com o objectivo de reactivar e promover a utilização social de bibliotecas públicas fronteiriças no município de Cumbal (Colômbia) e na província de Carchi (Equador).

Através de atividades de formação, criação, sensibilização e difusão, além da vinculação de diversos setores populacionais, procura-se que as bibliotecas se configurem como espaços de encontro comunitário para a resolução de problemas sociais e de cidadania; locais de produção de conhecimentos e locais de encontro com os conhecimentos locais e tradicionais.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Soraia Magalhães

Escritora de libros infantiles y creadora y editora del blog Caçadores de Bibliotecas. Doctora por la Universidad de Salamanca, España (Programa de Doctorado Formación en la Sociedad del Conocimiento). Máster en Sociedade e Cultura na Amazônia y Licenciada en Biblioteconomía, ambos de la Universidade Federal do Amazonas. Participó como colaboradora la revista Biblioo.

Activista de acciones centrada en el fortalecimiento de las bibliotecas públicas, obtuvo en 2013 el Premio Movers  Shakers, del Library Journal en los Estados Unidos y el premio Genesino Braga del Consejo Regional de Biblioteconomía de la biblioteca CRB-11, por su participación en el Movimiento Abre la Biblioteca que solicitó la reapertura de la Biblioteca Pública del estado de Amazonas cerrada por más de 5 años.

This will close in 0 seconds

Adriana María Betancur B.

Bibliotecóloga, especialista en Gestión Pública; con amplia experiencia y trayectoria en la gestión de bibliotecas públicas, servicios de información local y políticas públicas. Estuvo vinculada a la Biblioteca Pública Piloto de Medellín; creadora y coordinadora de los servicios de información local, Jefa del Departamento de Cultura y Bibliotecas y Gerente de Educación, Cultura y Bibliotecas de la Caja de Compensación Familiar de Comfenalco Antioquia. Su última publicación del 2019 fue «Integración de las Bibliotecas Públicas en los planes de Desarrollo Territorial: estrategias y desafíos» publicado en la Editorial de la Biblioteca Pública Piloto con fondos de ayudas del Programa Iberoamericano de Bibliotecas Públicas, Iberbibliotecas.

This will close in 0 seconds

Oskar Hernández

Gestiona desde 2020 la Hemeroteca General de la Universidad Autónoma de Barcelona (UAB) y es candidato a doctor en el campo de los Estudios Sociales de la Ciencia y la Tecnología por la misma universidad (Departamento de Psicología Social). Sus intereses
de investigación giran alrededor de la participación ciudadana en contextos abiertos de experimentación, las prácticas de innovación en entornos bibliotecarios y las transformaciones que están experimentando actualmente las bibliotecas. Desarrolla su trabajo en los grupos de investigación STS-b, Barcelona Science and Technology Studies (UAB) y Social Impact of Artificial Intelligence (Centro de Visión por Computador, CVC-UAB). Es miembro del Grupo de Trabajo Estratégico Laboratorios Bibliotecarios (Ministerio de Cultura y Deporte del Gobierno de España) y del grupo promotor del Lab Bibliotecas del Instituto Cervantes. Forma parte del panel de expertos
del proyecto europeo LibrarIn (sobre innovación y transformación en bibliotecas públicas), financiado por la Unión Europea. Ha trabajado para la Comisión Europea como evaluador externo de proyectos I+D+I del programa Horizonte Europa (2021-2027). Está afiliado a la Society for Social Studies of Science y, entre 2021-2023, fue el vicepresidente de la Sociedad Española de Documentación e Información Científica (SEDIC). Más información y datos de contacto: https://www.linkedin.com/in/oskarhernandez/

This will close in 0 seconds

Oskar Hernández

Desde 2020, dirige a Hemeroteca da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB) e é doutorando na área de Estudos Sociais da Ciência e Tecnologia na mesma universidade (Departamento de Psicologia Social). Os seus interesses de investigação giram em torno da participação cidadã em contextos de experimentação aberta, das práticas de inovação em ambientes bibliotecários e das transformações que as bibliotecas estão a experienciar atualmente. Desenvolve seu trabalho nos grupos de pesquisa STS-b, Estudos de Ciência e Tecnologia de Barcelona (UAB) e Impacto Social da Inteligência Artificial (Centro de Visão Computacional, CVC-UAB). É membro do Grupo de Trabalho Estratégico de Laboratórios de Bibliotecas (Ministério da Cultura e Esporte do Governo de Espanha) e do grupo promotor das Bibliotecas Laboratório do Instituto Cervantes. Faz parte do painel de especialistas do projeto European LibrarIn (sobre inovação e transformação em bibliotecas públicas), financiado pela União Europeia. Trabalhou para a Comissão Europeia como avaliador externo de projetos de I&D&I do programa Horizonte Europa (2021-2027). É afiliado à Sociedade de Estudos Sociais da Ciência e, entre 2021-2023, foi vice-presidente da Sociedade Espanhola de Documentação e Informação Científica (SEDIC). Mais informações e contato: https://www.linkedin.com/in/oskarhernandez/

This will close in 0 seconds

Adriana Maria Betancur B.

Bibliotecária, especialista em Gestão Pública; com ampla experiência e histórico na gestão de bibliotecas públicas, serviços de informação locais e políticas públicas. Trabalhou na Biblioteca Pública Piloto de Medellín; criadora e coordenadora de serviços de informação local, Chefe do Departamento de Cultura e Bibliotecas e Gerente de Educação, Cultura e Bibliotecas do Fundo de Compensação Familiar Comfenalco Antioquia. A sua última publicação de 2019 foi “Integração das Bibliotecas Públicas nos planos de Desenvolvimento Territorial: estratégias e desafios” publicada no Editorial de la Biblioteca Pública Piloto com fundos de ajuda do Programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas, Iberbibliotecas.

This will close in 0 seconds

Soraia Magalhães

Escritora de livros infantis e criadora e editora do blog Caçadores de Bibliotecas. Doutor pela Universidade de Salamanca, Espanha (Programa Doutoral Formação na Sociedade do Conhecimento). Mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia e Bacharel em Biblioteconomia, ambos pela Universidade Federal do Amazonas. Participou como colaboradora da revista Biblioo. Ativista de ações focadas no fortalecimento de bibliotecas públicas, em 2013 ganhou o Prêmio Movers & Shakers do Library Journal nos Estados Unidos e o prêmio Genesino Braga do Conselho Regional de Bibliotecas da biblioteca CRB-11, pela participação no programa Open the Library Movimento que solicitou a reabertura da Biblioteca Pública do estado de Amazonas fechada há mais de 5 anos. Activista de acciones centrada en el fortalecimiento de las bibliotecas públicas, obtuvo en 2013 el Premio Movers  Shakers, del Library Journal en los Estados Unidos y el premio Genesino Braga del Consejo Regional de Biblioteconomía de la biblioteca CRB-11, por su participación en el Movimiento Abre la Biblioteca que solicitó la reapertura de la Biblioteca Pública del estado de Amazonas cerrada por más de 5 años.

This will close in 0 seconds

Iniciar Sessão
Logout