Iberbibliotecas

Club de Leitura Rural – Fazedores

projeto

Club de Leitura Rural – Fazedores

Entidade

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

www.biblioseo.com
Fundação Biblioseo – Biblioteca da Criatividade
O Clube de Leitura Rural Fazedores da Biblioteca da Criatividade, busca beneficiar 200 crianças e jovens das aldeias Quiba, Mochuelo, Pasquilla e bairros vizinhos, facilitando o acesso a atividades lúdicas, oficinas de leitura e escrita, acompanhamento e orientação para catalisar sua aprendizagem e ideias, em projetos que impactam e transformam sua comunidade.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Bibliotecas sem barreiras: diálogo, literatura e arte nos territórios

projeto

Bibliotecas sem barreiras: diálogo, literatura e arte nos territórios

Entidade

Secretaria da Cultura de Cali - Rede de Bibliotecas Públicas

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

territorioleo5@cali.gov.co
As bibliotecas sem barreiras apostam, desde a identificação, reconhecimento e caracterização de alguns territórios reconhecidos como vulneráveis, dadas as condições socioeconómicas e a sua própria envolvente, até ao desenvolvimento de uma estratégia concreta de extensão de bibliotecas, que permita transpor as barreiras que durante muito tempo têm dificultado o acesso dos serviços bibliotecários a esses locais. Consiste no planeamento e execução de diferentes atividades de promoção da leitura, escrita e oralidade, pensadas com base no reconhecimento contínuo das necessidades de cada território identificado, o que supõe um exercício contínuo de pesquisa em contexto e diálogo assertivo entre os membros da biblioteca equipe e comunidade.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

1,2,3 por Mí

projeto

1,2,3 por Mí

Entidade

Biblioteca La Manga / Fundação Misión Social Colombia

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

www.misionsocialcolombia.org
A proposta busca reposicionar a Biblioteca La Manga, depois de quase dois anos sem atendimento devido aos efeitos da pandemia de Covid-19, como um espaço de múltiplos encontros que rompa barreiras socioculturais e econômicas com ferramentas ou dispositivos que constituam uma oportunidade para identificar e promover a mediação da leitura em casa, o uso adequado da literatura na escola e o resgate da oralidade.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Literatura sin Límites

projeto

Literatura sem limites

Entidade

Corporação Mi Comuna

Países ou cidades

Colombia – Medellín

CONTATO

contacto@micomuna.org

Promove o acesso à leitura e a inclusão social por meio de serviços de extensão de bibliotecas com a população com deficiência na Comuna 2 de Medellín, para que possam ter uma abordagem de materiais de leitura, escrita e oralidade, reflexão e participação comunitária. Através da metodologia DUA e da educação popular que dá lugar à leitura de outras formas onde os participantes possam gostar de ler, reconhecer outras sensibilidades, formas de perceber a realidade e se reconhecerem como sujeitos históricos que podem atuar além das limitações que o contexto dita.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Estrategia L.E.O a la Calle para el Fortalecimiento de los Servicios de Extensión Bibliotecaria de Bibliotecas Públicas del Departamento de Sucre

projeto

Estratégia L.E.O à Rua para o Fortalecimento dos Serviços de Extensão Bibliotecária das Bibliotecas Públicas do Departamento de Sucre

Entidade

Fundo Misto de Promoção da Cultura e das Artes de Sucre

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

gerencia@fondomixtodesucre.org

Fortalecer os serviços de extensão bibliotecária de 10 das 32 bibliotecas públicas municipais, vinculadas à Rede Departamental de Bibliotecas Públicas de Sucre, por meio do L.E.O. à Rua, a disponibilização de um carrinho literário a cada biblioteca para desenvolver ações de promoção da leitura, da escrita e da oralidade em espaços não convencionais. Um processo de formação em promoção da leitura e mediação tecnológica inovadora para 200 jovens entre 14 e 28 anos, moradores de bairros vulneráveis da zona urbana dos municípios prioritários onde estão localizadas as bibliotecas públicas.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

El Libro Viajero: proyecto enfocado a conectar el sector rural del municipio de Chipaque con la biblioteca José Augusto Romero Guevara

projeto

El Libro Viajero: projeto focado em conectar o setor rural do município de Chipaque com a biblioteca José Augusto Romero Guevara

Entidade

Prefeitura Municipal de Chipaque

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

bibliotecapublicachipaque@gmail.com

Estabelecer uma conexão entre a comunidade rural do município de Chipaque, Cundinamarca, com ênfase na população infanto-juvenil, e a Biblioteca José Augusto Romero Guevara por meio do programa de biblioteca itinerante. Leve os recursos portáteis da biblioteca para as calçadas mais afastadas do setor urbano. Para tal, pretendem criar canteiros de promoção da leitura, com o objetivo de abrir espaços que permitam às comunidades usufruírem dos recursos e atividades propostas, e capacitar jovens ou adultos do setor para liderar as atividades, promovendo assim o emprego local.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Abriendo Fronteras a la Lectura

projeto

Abrindo Fronteiras para a Leitura

Entidade

Biblioteca Municipal Miriam Piedrahita

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

lopezflorys25@gmail.com

Busca ir além dos muros da biblioteca pública localizada na zona urbana do município de Santa Bárbara de Pinto, para atingir comunidades remotas com serviços de biblioteca e dificuldades de deslocamento até o centro populoso. É um processo de aproximação do livro e da leitura em integração com as práticas orais típicas de áreas rurais selecionadas. Buscamos estruturar uma dinâmica de extensão permanente da biblioteca que envolva setores remotos, com recebimento de mala de recursos bibliográficos e equipe de projeção; elementos que dão suporte à construção de projetos de bibliotecas comunitárias.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Enjambre de Sueños: Bibliotecas Populares Itinerantes en Tiempos de Pandemia

projeto

Enxame de Sonhos: Bibliotecas Populares Itinerantes em Tempos de Pandemia

Entidade

Corporação Biblioteca Comunitária Sonhos de Papel

Países ou cidades

Colombia – Medellín

CONTATO

suenosdepapelmedellin@gmail.com

Dar continuidade aos processos pedagógicos e artísticos que dispomos e criar espaços de apoio através de diferentes ferramentas à medida das necessidades dos participantes; tornando possível a dignidade da experiência atual para meninos, meninas, jovens e mulheres. O trabalho será coordenado entre duas bibliotecas populares da cidade de Medellín: a Biblioteca Comunitária Sonhos de Papel, localizada no bairro de La Cruz, e a Biblioteca Popular La Enjambre, localizada no município de Altavista, povoado de La Palma.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Brigadas Comunitarias: Lectores de Paz-Es

projeto

Brigadas Comunitárias: Leitoras de Peace-Es

Entidade

Cartografía Sur

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

investigacionescs@cartografiasur.org

Busca contribuir para a convivência pacífica e a inclusão social para uma cultura de paz a partir de espaços comunitários de leitura em três localidades de alta vulnerabilidade na cidade de Bogotá (Colômbia). Será realizada por meio de brigadas itinerantes de base comunitária lideradas por seus jovens, que promoverão encontros de mediação de leitura com famílias de seus bairros; os espaços de leitura são um pretexto consciente para fomentar o diálogo e a resolução pacífica dos conflitos comunitários.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Redefinindo a Rede Distrital de Bibliotecas Públicas de Cartagena

projeto

Redefinindo a Rede Distrital de Bibliotecas Públicas de Cartagena

Entidade

Prefeitura de Cartagena das Índias

Países ou cidades

Colômbia

CONTATO

alcalde@cartagena.gov.co
Em Cartagena, é necessário formular um Plano Estratégico para a rede distrital de bibliotecas 2021-2030, que permita orientar as ações e a gestão conjunta das 18 bibliotecas que a compõem, com base na construção do tecido social da cidade. A ideia é construir participativamente o plano estratégico e estabelecer uma estratégia de comunicação para sua apropriação sociocultural que fortaleça a articulação entre bibliotecas, organizações sociais, comunidades, Estado e demais atores do contexto; para que as bibliotecas se apoderem de Cartagena como agentes de transformação e inclusão social.

Documentos do projeto

Inscrição

Download

Orçamento

Download

Relatório técnico

Download

Documentos do projeto

Soraia Magalhães

Escritora de libros infantiles y creadora y editora del blog Caçadores de Bibliotecas. Doctora por la Universidad de Salamanca, España (Programa de Doctorado Formación en la Sociedad del Conocimiento). Máster en Sociedade e Cultura na Amazônia y Licenciada en Biblioteconomía, ambos de la Universidade Federal do Amazonas. Participó como colaboradora la revista Biblioo.

Activista de acciones centrada en el fortalecimiento de las bibliotecas públicas, obtuvo en 2013 el Premio Movers  Shakers, del Library Journal en los Estados Unidos y el premio Genesino Braga del Consejo Regional de Biblioteconomía de la biblioteca CRB-11, por su participación en el Movimiento Abre la Biblioteca que solicitó la reapertura de la Biblioteca Pública del estado de Amazonas cerrada por más de 5 años.

This will close in 0 seconds

Adriana María Betancur B.

Bibliotecóloga, especialista en Gestión Pública; con amplia experiencia y trayectoria en la gestión de bibliotecas públicas, servicios de información local y políticas públicas. Estuvo vinculada a la Biblioteca Pública Piloto de Medellín; creadora y coordinadora de los servicios de información local, Jefa del Departamento de Cultura y Bibliotecas y Gerente de Educación, Cultura y Bibliotecas de la Caja de Compensación Familiar de Comfenalco Antioquia. Su última publicación del 2019 fue «Integración de las Bibliotecas Públicas en los planes de Desarrollo Territorial: estrategias y desafíos» publicado en la Editorial de la Biblioteca Pública Piloto con fondos de ayudas del Programa Iberoamericano de Bibliotecas Públicas, Iberbibliotecas.

This will close in 0 seconds

Oskar Hernández

Gestiona desde 2020 la Hemeroteca General de la Universidad Autónoma de Barcelona (UAB) y es candidato a doctor en el campo de los Estudios Sociales de la Ciencia y la Tecnología por la misma universidad (Departamento de Psicología Social). Sus intereses
de investigación giran alrededor de la participación ciudadana en contextos abiertos de experimentación, las prácticas de innovación en entornos bibliotecarios y las transformaciones que están experimentando actualmente las bibliotecas. Desarrolla su trabajo en los grupos de investigación STS-b, Barcelona Science and Technology Studies (UAB) y Social Impact of Artificial Intelligence (Centro de Visión por Computador, CVC-UAB). Es miembro del Grupo de Trabajo Estratégico Laboratorios Bibliotecarios (Ministerio de Cultura y Deporte del Gobierno de España) y del grupo promotor del Lab Bibliotecas del Instituto Cervantes. Forma parte del panel de expertos
del proyecto europeo LibrarIn (sobre innovación y transformación en bibliotecas públicas), financiado por la Unión Europea. Ha trabajado para la Comisión Europea como evaluador externo de proyectos I+D+I del programa Horizonte Europa (2021-2027). Está afiliado a la Society for Social Studies of Science y, entre 2021-2023, fue el vicepresidente de la Sociedad Española de Documentación e Información Científica (SEDIC). Más información y datos de contacto: https://www.linkedin.com/in/oskarhernandez/

This will close in 0 seconds

Oskar Hernández

Desde 2020, dirige a Hemeroteca da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB) e é doutorando na área de Estudos Sociais da Ciência e Tecnologia na mesma universidade (Departamento de Psicologia Social). Os seus interesses de investigação giram em torno da participação cidadã em contextos de experimentação aberta, das práticas de inovação em ambientes bibliotecários e das transformações que as bibliotecas estão a experienciar atualmente. Desenvolve seu trabalho nos grupos de pesquisa STS-b, Estudos de Ciência e Tecnologia de Barcelona (UAB) e Impacto Social da Inteligência Artificial (Centro de Visão Computacional, CVC-UAB). É membro do Grupo de Trabalho Estratégico de Laboratórios de Bibliotecas (Ministério da Cultura e Esporte do Governo de Espanha) e do grupo promotor das Bibliotecas Laboratório do Instituto Cervantes. Faz parte do painel de especialistas do projeto European LibrarIn (sobre inovação e transformação em bibliotecas públicas), financiado pela União Europeia. Trabalhou para a Comissão Europeia como avaliador externo de projetos de I&D&I do programa Horizonte Europa (2021-2027). É afiliado à Sociedade de Estudos Sociais da Ciência e, entre 2021-2023, foi vice-presidente da Sociedade Espanhola de Documentação e Informação Científica (SEDIC). Mais informações e contato: https://www.linkedin.com/in/oskarhernandez/

This will close in 0 seconds

Adriana Maria Betancur B.

Bibliotecária, especialista em Gestão Pública; com ampla experiência e histórico na gestão de bibliotecas públicas, serviços de informação locais e políticas públicas. Trabalhou na Biblioteca Pública Piloto de Medellín; criadora e coordenadora de serviços de informação local, Chefe do Departamento de Cultura e Bibliotecas e Gerente de Educação, Cultura e Bibliotecas do Fundo de Compensação Familiar Comfenalco Antioquia. A sua última publicação de 2019 foi “Integração das Bibliotecas Públicas nos planos de Desenvolvimento Territorial: estratégias e desafios” publicada no Editorial de la Biblioteca Pública Piloto com fundos de ajuda do Programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas, Iberbibliotecas.

This will close in 0 seconds

Soraia Magalhães

Escritora de livros infantis e criadora e editora do blog Caçadores de Bibliotecas. Doutor pela Universidade de Salamanca, Espanha (Programa Doutoral Formação na Sociedade do Conhecimento). Mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia e Bacharel em Biblioteconomia, ambos pela Universidade Federal do Amazonas. Participou como colaboradora da revista Biblioo. Ativista de ações focadas no fortalecimento de bibliotecas públicas, em 2013 ganhou o Prêmio Movers & Shakers do Library Journal nos Estados Unidos e o prêmio Genesino Braga do Conselho Regional de Bibliotecas da biblioteca CRB-11, pela participação no programa Open the Library Movimento que solicitou a reabertura da Biblioteca Pública do estado de Amazonas fechada há mais de 5 anos. Activista de acciones centrada en el fortalecimiento de las bibliotecas públicas, obtuvo en 2013 el Premio Movers  Shakers, del Library Journal en los Estados Unidos y el premio Genesino Braga del Consejo Regional de Biblioteconomía de la biblioteca CRB-11, por su participación en el Movimiento Abre la Biblioteca que solicitó la reapertura de la Biblioteca Pública del estado de Amazonas cerrada por más de 5 años.

This will close in 0 seconds

Iniciar Sessão
Logout